Plantas medicinais

Receitas e remedios

Pomadas

Afrodisiaco

Medicina tropical

Termas

Acupuntura

Partos humanizados

 

 

 

 

O site das medicinas do mundo

A medicina de cada povo é a carta de apresentaçao da própria cultura. É por isso que acreditamos que a medicina tem que voltar as suas fontes no lugar de ficar só como patrimonio dos cientistas.

Nesse site você achará um ponto de encontro para todos aquilos que desejen informaçao sobre medicinas alternativas. Além disso, a ideia é compartir o connhecimento sobre as técnicas curativas e sistemas de saúde que nao sao o "oficial". Para atingir isso é que a gente receve receitas, nomes de plantas, diagnósticos o nomes de doenças, preparaçoes como cremes, aceites e todos os métodos de curar ou bem diagnosticar que nao estejam aquí. Também aceitamos correçoes e variantes das técnicas na medicina alternativa que oferecemos gratuitamente online.

O nosso propósito

O propósito é produzir discuçoes e favorecer as consultas e a participaçao de quem quiser dar uma olhada no site.

A gente tem a convicçao em que os novos métodos de transmissao da informaçao podem bem estar ao serviço das mesmas coisas que a tecnologia faz eliminar. Se as costumes se perder pela modernizaçao de algumas práticas tradicionáis, entao é precisso nao acreditar numa renúncia aos cambios e modificaçoes da època, porque eles estao feitos; mas sim poder usar as mesmas ferramentas para divulgaçao de aquilo que tenha risco de desaparecer.

Os métodos

Temas de discução

Saúde indígena

Antropología da saúde

TeToxicomanias

diHistoria da psiquiatria

Sistemas de saúde

História da medicina

Uma modalidade participativa é fundamental na construçao social do conhecimento. Existe um número imenso de práticas em saúde que bem merece o resgate cultural, a recuperaçao e reativaçao de tecnologías antigas que tenhan sido ativamente reprimidas pelo sistema de saúde moderno “científico”. As medicinas alternativas também sao sistemas científicos culturalmente específicos que merecem respeito e também pesquisa. Essas açoes sobre aquele tipo de medicina precissa um cuidado máximo sobre a possibilidade de comercializaçao das técnicas, incluindo o perigo de algum principio ativo se pantentar. Isso quer dizer que a fórmula química de uma planta pode pasar as maos particulares se a pesquisa é roubada pelas empresas multinacionáis ou laboratórios farmacológicos.

O jeito de evitar uma nova forma de colonizaçao dos conhecimentos antigos dos povos indígenas e delas comunidades que praticam uma medicina ligada na terra, é ter um recelo com as práticas, com uma limitaçao local. Entao, cual é a funçao deste site? Como ja falamos, tem que estimular os métodos de pesquisa, fomenta a experimentaçao. Para isso é necesário uma base mais grande sobre a informaçao das culturas.

Outra medicina, para fazer o qué ?

As medicinas alternativas fomentam o desenvolvimento da identidade cultural ao mesmo tempo que a diversidade. Em cada geografía a gente vai encontrar sistemas médicos que, isoladamente, tem risco de extinçao. As vezes as culturas enteiras tem perigo de extinçao. Cuando a linguagem se perder, começa a etapa de aculturaçao que geralmente mata o grupo. Um momento crítico nesse sentido é a extinçao da própia medicina.

Sempre tem que fazer um diagnóstico de situaçao da medicina no lugar desejado, incluindo o gráu de mistura entre os conhecimentos populares e os oficiáis. As medicinas alternativas abrem o campo de possibilidades para o desenvolvimento social numa comunidade. As vezes sao as mulheres que mantem viva uma tradiçao de saúde, de jeito que nesses casos as redes que se realizar terao uma funçao extra: fortalecer o encontro de populaçoes vulneráveis.

Se a medicina votar para o lado popular, a abordajem dos problemas de saúde tem que incluir a participaçao do doente: ja nao a posiçao pasiva na frente do médico. A medicina é muito mais complexa, um fenómeno cultural nuclear, atualmente representado por um “sistema oficial” que está agora numa crise -faz tempo. Muitas vezes as medicinas científicas estáo longe de dar os resultados que podes se obter com os "remedios caseiros" .

Para lembrar: ao tem que fazer uma luta de um sistema contra o outro. A ideia é o enriquecimento de todos.

Uma vez que a pessoa está convidada a participar da preparaçao dos própios remedios, ela será escutada nas suas opinioes sobre os diagnósticos ou as razoes das doenças. É assim, aprendendo dos outros, compartindo e analisando as práticas que as pessoas serao comprometidas na própia saúde, superando o grave problema social que é o "assistencialismo".

A terapéutica está orientada num sistema disimétrico: uma pessoa que tem o conhecimento fala a outra que está procurando uma soluçao. As vezes o pessoal tem pressa, sendo que as consultas da emergência seguem como principáis em cualquer sistema de saúde. Isso leva a uma dependência entre as clases sociáis e as culturas que fomentam a iniquidade.

 

Recomendar este site

Contatar e participar

Politica de privacidade