Medicina e Excursionistas

Em diferentes partes do mundo, excursões com finalidade as mais variadas são freqüentemente realizadas. Com o propósito de explorar determinadas regiões, as sociedades geográficas patrocinam expedições, as vezes, de longa duração . Em outras ocasiões, grupos de pesquisadores penetram zonas hospital ares para coletar material zoológico, botânico ou mineralógico.

Célebres foram as excursões realizadas a Antártica por Byrd, em 1939 e em 1941. Boje em dia, são freqüentes as visitas as grutas, com fins puramente turísticos ou para a obtenção  de animais, principalmente morcegos. Grandes montanhas São também atingidas por excur-sionistas e concentrações as mais variadas se realizam em determinadas zonas, exigindo cuidadosa preparação  e supervisão por parte de seus responsáveis. Muitas vezes, grandes distancias tem que ser percorridas através de rios ou do mar. Os médicos militares e da marinha tem se preocupado com os problemas médicos dessas excursões e, em 1965, Edholm & Bacharach publicaram interessante livro sobre o assunto, denominado "Exploration Medicine" (Bristol, John Wright, 1965), focalizando pontos de grande interesse para todos aqueles que viajam, através de excursões, com motivos os mais diversos. Quantas vezes determinadas expedições são realizadas sem o preparo prévio de seus participantes, sem um conhecimento  exato da região a ser visitada e dos perigos potenciais lá existentes?

Explorações fracassadas são freqüentemente registradas. Abandonam-se determinados objetivos, por causa da saúde de seu s membros. Quem realiza uma excursão precisa conhecer o terreno para onde vai, sua flora e fauna, os insetos de importância médica, as moléstias prevalentes, as facilidades médicas, etc. Além disso, necessita muitas vezes treinar-se, isto é, preparar-se, inclusive psicologicamente. No livro de Edholm & Bacharach, os autores descrevem as reações psicológicas que se manifestam quando determinados indivíduos São colocados em condições ambientais adversas. Assim, em climas quentes, por longo período, podem ocorrer casos de insania, com manifestações depressivas, perda de peso, fadiga e irritabilidade. Casos de suicídio, em clima muito frio, tem sido descritos. Numerosas emergências médicas podem também ocorrer, exigindo medidas rápidas e eficientes, como em casos de hemorragia, asfixia, choque, infecções as mais variadas, fraturas, acidentes por animais venenosos, etc.

Os problemas do vestuário, da alimentação , da higiene pessoal, da proteção  contra várias doenças, tudo necessita de uma supervisão e de um rigoroso controle. Muitas vezes São dezenas e centenas de excursionistas e os cuidados de sobrevivência se multiplicam, principalmente quando os mesmos procuram participantes, sem um conhecimento  exato da região a ser visitada e dos perigos potenciais lá existentes? Explorações fracas-sadas São freqüentemente registradas. Aban-donam-se determinados objetivos, por causa da saúde de seu s membros. Quem realiza uma excursão precisa conhecer o terreno para onde vai, sua flora e fauna, os insetos de importância médica, as moléstias prevalentes, as facilidades médicas, etc. Além disso, necessita muitas vezes treinar-se, isto é, preparar-se, inclusive psicologicamente.

No livro de Edholm & Bacha¬rach, os autores descrevem as reações psicológicas que se manifestam quando determinados indivíduos São colocados em condições ambientais adversas. Assim, em climas quentes, por longo período, podem ocorrer casos de insania, com manifestações depressivas, perda de peso, fadiga e irritabilidade. Casos de suicídio, em clima muito frio, tem sido descritos. Numerosas emergências médicas podem também ocorrer, exigindo medidas rápidas e eficientes, como em casos de hemorragia, asfixia, choque, infecções as mais variadas, fraturas, acidentes por animais venenosos, etc.

Os problemas do vestuário, da alimentação , da higiene pessoal, da proteção  contra várias doenças, tudo necessita de uma supervisão e de um rigoroso controle. Muitas vezes São dezenas e centenas de excursionistas e os cuidados de sobrevivência se multiplicam, principalmente quando os mesmos procuram